Procon-RJ descarta mais de uma tonelada de alimentos

Em nova etapa da Operação Secos e Molhados, o Procon Estadual vistoriou 10 estabelecimentos nesta segunda-feira (11), incluindo seis mercados, uma drogaria, uma imobiliária, um parque aquático e uma confeitaria nas cidades do Rio, Niterói, São Gonçalo e Nova Iguaçu. Do total de locais vistoriados, oito foram autuados e os fiscais descartaram 1 tonelada, 276kg e 920g de alimentos impróprios para o consumo.

A maior parte desses produtos estava no Universo do Padeiro (Estrada de Austin, 1.101, Cacuia, Nova Iguaçu). Lá havia 1 tonelada, 129kg e 100g de alimentos vencidos ou sem informação do prazo de validade, como linguiças calabresa e fina, salsicha, mortadela e frutas secas cristalizadas. Além disso, os fiscais constataram a presença de gatos no interior do estabelecimento.

No supermercado Vianense (Avenida Brasil, 6.288, Bonsucesso) havia muito mofo na área das câmaras frigoríficas, que invadiu até a caixa onde estavam armazenados 28kg e 500g de bacalhau mal armazenado. As câmaras tinham pallets de madeira (a legislação determina que os suportes sejam de material lavável), ferrugem nas estruturas das prateleiras, piso quebrado e portas e portais enferrujados. Já o Aquamundi Kart e Diversões Aquáticas (Rua Roque Barbosa, 17, Bangu) foi autuado porque, entre outras irregularidades, proibia a entrada no estabelecimento com comidas e bebidas.

Não foram encontradas irregularidades no Carrefour Manilha (Rua Doutor Oliveira Botelho, s/nº, São Gonçalo) e no Assai (Rua Benjamin Constant, 263 Niterói). Todos os locais foram fiscalizados a pedido do Ministério Público Estadual, exceto o supermercado Vianense.

Fonte: Jornal  O Fluminense
Foto: Divulgação

Comments

comments

Você também pode gostar...